Companhia Arte em Espetáculos

sábado, 7 de setembro de 2013

Meu Pé de Manacá



Andando pela calçada um dia
Avistei arvorezinha viçosa e florida
Parecia que para mim ela até sorria
Oferecida, deixou-me um galho seu arrancar
Agradecida, fui embora a sonhar. 

Imaginei  ver a pequena muda crescer e florir
Cuidei dela direitinho, reguei e dei atenção
Após um tempo, replantei-a num lindo vaso
Ah! Quanto sofrimento lhe causou essa transformação. 

Apesar do sol, água, terra boa e carinhos
Seus galhos e folhas ficaram murchinhos
Conversei muito com ela tentando achar a explicação
Para tanta desolação. 

Meses se passaram
De repente, entre folhas amareladas
Flores coloridas e perfumadas se abriram
Grande surpresa, feito uma magia  
Que aconteceu da noite para o dia. 

Essa planta do meu jardim
É  igualzinha a mim
Sofre ao promover alguma mudança
Luta, para não perder a esperança
O  corpo físico  reflete todo sentimento
Estado que parece eterno momento. 

Mas a raiz, o Eu verdadeiro
Vai devagarinho lavando o coração das tristezas
E pela fé firme e persistente
O interior volta a refletir beleza
E como o manacá, renasce em flor
Com a simples força do amor.    

Rosana Montero Cappi

9 comentários:

DALVA SAUDO disse...

Amei essa poesia! Sem outras palavras: Simplesmente AMEI!

Rachel disse...

Preciosidade! Não tenho mais palavras. Essa resume tudo!

Rosana Montero Cappi disse...

Agradeço os comentários dessas duas grandes poetisas. Suas opiniões são estimulantes.
Amo a sinceridade e preciosidade de seus depoimentos.
Beijão

viuva clara disse...

Foi como estar presente no momento. Viajei.Adoro seu estilo!

Antonio Vendramini Neto disse...

As manhãs de setembro certamente ficarão mais alegres e saudarão a sua poesia na primavera que está chegando.

Fanzine Episódio Cultural disse...

“IX CONCURSO PLÍNIO MOTTA DE POESIAS”

A Academia Machadense de Letras (Machado-MG / Brasil) comunica a realização em novembro de 2013 de seu IX Concurso de Poesias. As inscrições encerram-se no dia 14 de outubro (2013). Para receber gratuitamente o regulamento em arquivo PDF, entre outras informações, favor entrar em contato através do e-mail: machadocultural@gmail.com

Obs (PS): O tema é livre e aberto a todos de Língua Portuguesa e Espanhola e a taxa de inscrição é de R$5,00

Favor verificar o recebimento do regulamento em pdf e jpeg.

Eunice Rodrigues de Pontes disse...

Querida Rosana,
Muito bonita sua poesia, reflete sua sensibilidade de poeta; meus parabéns!
Um grande abraço
Eunice

Lu Narbot disse...

Linda poesia, Rosana, parabéns. Manacás lembram-me minha mãe, que os adorava.

Rosilene disse...

Adorei a poesia!
Fiquei emocionada, a gente se vê nessa poesia.Tudo que passamos, as transformações são dolorosas, ajuda a gente crescer e entender melhor o sentido da vida.
Um super beijo!
E paraabéns pela grande sensibilidade