Companhia Arte em Espetáculos

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

ZONA DE CONFLITO




Noto que ao meu redor
Há muita coisa errada
Olho dentro do meu eu
Fico desanimada.
Como querer consertar o mundo
Se interiormente estou quebrada?
Procuro encontrar a resposta exata
Para resolver essa charada.
Tento mudar velhos hábitos
Ouvir mais, falar menos, ser mais contida
Menos ansiosa e mais paciente
Ficar alerta às intenções e mais coerente. 

Em momentos até pareço ausente
Mantenho-me calada, mas a mente
Insiste em prosseguir
Seu trabalho incessantemente.
Tento enganá-la, dar uma pausa
Medito e tento sentar na calma
Pratico relaxamento
Para adentrar no vazio d'alma.
O mundo continua a girar
Não me deixa aquietar
Começo a refletir
Em como devo prosseguir.

A batalha interna é intensa
É uma luta entre desejos, ações e escolhas
Que necessita de muito discernimento
Pois vai  influir no comportamento.
Vejo tristeza pra todo lado
Falta de amor e perdão
Nó no peito, coração pesado
Mágoa, rancor, semblante fechado.
Apesar de tanto sofrimento
A vida não deve ser um lamento
Ao seguir os princípios da natureza
Equilibram-se as energias, redescobre-se a beleza. 

Recupera-se a perdida alegria
Pela falta de consciência
Começando a iluminação da essência
Gerando a tão sonhada harmonia.
 A zona de conflito é neutralizada
A paz interior recuperada
Ao se encontrar a solução
Para enfrentar a guerra do coração.

ROSANA MONTERO CAPPI

5 comentários:

Rachel disse...

Parabéns por este primor! bj e paz. Rachel

Torres De Campinas disse...

ROSANA ESSA ZONA CONFLITANTE A MAIORIA DAS PESSOAS TEM E NÃO ESTERNAM PORQUE FALTA A PERCPEÇÃO DE DINTINGIR COISAS, FELIZ É VOCÊ QUE CONSEGUE, DIFERENCIAR E COLOCAR ISSO EM FORMA DE VERSOS. PARABÉNS

Rosilene disse...

Parabéns!
Como sempre mostrando sentimentos e colocando as situações das quais muita gente se encontra.
Muito bom pra refletir
Beijos!
Tua Irmã
Rosilene

agmoncarlos disse...

Evidentemente que o fardo é proporcional ás forças de cada um... Necessário se faz uma mudança de ótica e de hábitos como: O primeiro a pedir desculpas é o mais CORAJOSO! O primeiro a perdoar é o mais FORTE! O primeiro a esquecer é o mais FELIZ!!! Parabens pelo seu lirismo recriador. Bjus do poetamigo

Vicente de Paulo disse...

Viajei junto com você: fui para dentro de sua alma, voltei, entrei no mais íntimo do meu ser, e, meio tonta ainda, volto para o mundo concreto. Parabéns pela sua busca e pela forma como você a descreveu. Lembro da minha professora de biodança CLÉLIA CAMARGO que dizia que temos que pulsar para dentro e para fora, entrar no mais íntimo no nosso ser e voltar para o mundo concreto e vê-lo e interagir com ele. Acho que isso é uma definição do que é viver. Beijão. Continue na luta que você vai vencer. marisilda