Companhia Arte em Espetáculos

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

SE EU NÃO ACORDAR AMANHÃ



Nesta insone noite fria
Algo me incomoda e desafia
Quando penso com profundidade
Sobre tudo o que pode acontecer num só dia.

Pode haver tristeza e alegria
Ter sol quente ou chuva intermitente
Acontecer momentos de euforia
Ou instantes da mais pura melancolia.

As quatro estações estão presentes
No frescor da primavera ao amanhecer
No calor do verão ao meio dia
Na calmaria do outono ao entardecer
No inverno da noite quando esfria.

Quanta beleza a se admirar
Tanto a aprender e aproveitar
Dar amor ou carinhos ganhar
Beijar e abraçar.

Felicidade é poder desfrutar dessa magia
Colher da natureza a energia
Agradecer cada minuto de vida
Contido nas vinte e quatro horas do dia.

Senti medo, calafrio e fiquei ofegante
Ao despertar de um sonho impressionante
Onde eu desfaleci e não pude seguir adiante
Então o sono se foi e a mente fez um trabalho alucinante.

O filme de minha vida se mostrou
Passado, presente e até o futuro se projetou
Descobri como o tempo é curto
Tem o período de um surto.

O tempo é pequeno para tentar se consertar
Está por um fio para não mais se errar
Esgotado para transformar o coração
Ligeiro para se pedir perdão.

Ainda há tanto o que entender
A noite está se esvaindo
Há escassez de tempo para se arrepender
E as estrelas no céu vão sumindo.

Ainda há tanto o que realizar
Em breve será de manhã
E se eu não acordar amanhã?
E se eu não acordar amanhã?

Rosana Montero Cappi

9 comentários:

Eunice Rodrigues de Pontes disse...

Meus parabéns Rosana, gostei muito de sua poesia, é bonita, sensível e real.
Abs.
Eunice R. de Pontes

Poesias Inadequadas disse...

Caríssima confreira Rosana Cappi, teus versos sempre cheios de sentimentos e verdades. Por isso me pergunto, e "Se eu não acordar amanhã". Estarei eu privado eternamente dos seus belíssimos escritos?
Abraços fraternais,
José Luiz Pires

Augusto Barretto disse...

Quero te dizer agora, neste momento: Parabéns!
Pois se eu não acordar amanhâ, espero estar de bem com Deus, e contente por fazer a que devo fazer hoje à todo momento.

Bjos

Augusto

Torres De Campinas disse...

PUXA LOGO QUE LI O TITULO, PENSEI MAS AMANHÃ NÃO TEREI O PRAZER DE REVER MINHA CARA AMIGA ROSANA. CERTO QUE ESSA SUPOSIÇÃO, LOGO FOI CONTIDA UMA VEZ QUE A FÉ DO DIA DIA NÃO NOS PERMITE AO NÃO ACORDAR NO PRÓXIMO AMANHÃ. COMO SEMPRE SEUS TEXTOS NOS PREENCHE AQUELE ALGO VAZIO QUE POSSAMOS TER.PARABENS POR MAIS ESSE POEMA ANATERIOR AO DIA DO DIA DOS PAIS. DE SEU MUI AMIGO ZÉ AUGUSTO

Sonícula disse...

voce já marcou sua caminhada amore....as cores que matizou, ficaram como luzes de energia!
nossa passagem é fulgaz, mas surpreendente...quando nascemos não morremos mais!vê uma estrelinha nova lá no céu?????são as pessoinhas deixando aqui esse espaço....e brilhando lá em cima!a poesia revela nosso interior, amada!deixe fluir e tudo estará no seu lugar!

Rosilene disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sandra C. Perossi disse...

Querida amiga, como sempre seus versos são lindos e nos faz refletir! Pensar que nossa vida é tenue, deixa-nos de cabelo em pé, mas não deveria, pois se não acordarmos amanhã, estaremos em outro lugar com outros aprendizados. Somos imortais!!!!
Vivamos intensamente o hoje que é um presente de Deus.

Bjs

Sandra

agmoncarlos disse...

Bem amada amiga das letras Rosana Cappi.
Como já disse alhures e a outros talentosos literatos de altissimo nível como voce: - "Abençoados os poetas e todos aqueles que sabem criar existências fantásticas e emprestam suas asas para aqueles que não sabem voar"... Parabens pelo seu sucesso. Sentimos sua falta nos eventos da biblioteca. Eu e outros amigos esperamos revê-la no próximo. Fraternais saudações literárias. AGMON, poetamigo

Rosilene disse...

Parabéns, querida Irmã!
Mensagem para pensar bastante sobre a vida da gente. O que fizemos e deixamos de fazer.Espero quando um dia eu não acordar amanhã , esteja de coração limpo e que tenha realizado ao menos um pouco que Deus nos ensinou.
Beijos
Rosilene